Reciclagem de lâmpada Tubos fluorescentes de LCD Balcan - Genuinamente mais cuidadosa com o planeta Sistema de reciclagem de uma lâmpada - Todas as lâmpadas Tecnologia de reciclagem de lâmpadas LFC Reciclar lâmpadas esmagadas ou inteiras? Esmagadores de lâmpadas Balcan Reciclagem de lâmpadas revestidas em plástico Vídeos Reciclagem de mercúrio Manutenção e suporte Oportunidades de negócios em reciclagem de lâmpadas, lâmpadas tipo pera e LFC Informações para download

Reciclagem de mercúrio

A reciclagem de mercúrio no Reino Unido e na Europa irá diminuir significativamente quando o mercúrio for proibido.

Quando a União Europeia adotar a RoHS (Reduction of Hazardous Substances - Redução de Substâncias Perigosas), a reciclagem de mercúrio irá diminuir significativamente. Ao longo dos anos, o uso do mercúrio em baterias e equipamentos hospitalares desapareceu no Reino Unido. Atualmente, a indústria de cloro-álcali está reduzindo o uso de mercúrio líquido substituindo-o por membranas celulares. As importações e exportações de mercúrio da União Europeia também serão eliminadas e, além disso, a ação dos fabricantes na indústria da iluminação, desenvolvendo lâmpadas tipo peras livres de mercúrio, significa que novos investimentos em produtos para a reciclagem de mercúrio para obter mercúrio, especialmente originado de pó de lâmpadas, poderão não ser uma opção comercialmente viável.

Para obter-se mercúrio do pó, é necessário aquecê-lo a uma temperatura predeterminada, durante um período considerável (até 24 horas). Para fazer isso, a instalação da Balcan para reciclagem de lâmpadas utiliza os serviços de uma empresa especializada (que processa todos os tipos de resíduos de mercúrio), mas sabe-se que, de aproximadamente 1000 Kg de pó de fósforo contendo mercúrio, apenas se obtém 0,5 Kg de mercúrio.

A Balcan acredita que a reciclagem adicional exigida para obter o mercúrio apenas do pó de fósforo, recolhido durante o seu processo de reciclagem de lâmpadas, causa mais danos ao meio ambiente e não é econômica. Entretanto, se for possível utilizar o sistema com diferentes tipos de resíduos de mercúrio, os custos envolvidos na reciclagem podem ser compensados artificialmente através de um sistema de coleta de mercúrio mais fácil de reciclar e mais densamente contaminado.

A filosofia Balcan:

Após considerar os custos, acreditamos não ser financeiramente viável ou comercialmente sensato investir em equipamentos específicos para a recuperação de mercúrio, especificamente para o pó de fósforo/mercúrio contido nas lâmpadas. Existem todos os custos associados a energia, execução e licenças das autoridades para gerar um volume tão reduzido de mercúrio (1/26 de litro por 1000 litros) com baixo ou nenhum valor comercial. A Balcan acredita que utilizar uma empresa especializada nesse campo é melhor para todas as partes.